Taxa de adoção de carros elétricos aumenta em 23 países; mas e no Brasil?

14.09.23 15:27 Comentário(s) Por Alexia Messa

Carro elétrico conectado ao carregador.

Em matéria do portal Inside EVs, o jornalista Júlio César mostra uma análise produzida pela Bloomberg Green sobre as taxas de adoção de veículos elétricos em todo o mundo


De acordo com o estudo, há um ano os veículos elétricos atingiram 5% de participação nas vendas totais de automóveis em 19 países, representando o início da adoção em massa.


No final de 2022, Canadá, Austrália, Espanha, Tailândia e Hungria se juntaram ao grupo que superou esses 5%, formado anteriormente pelos Estados Unidos, China e vários países da Europa Ocidental. 


Pelo histórico dos países que já ultrapassaram esse patamar, leva-se em média quatro anos para os veículos elétricos alcançarem 25% de participação de mercado


Esses números valem apenas para os carros elétricos a bateria (BEV). Se considerarmos os veículos híbridos plug-in, foram mais de 10 milhões de unidades vendidas no mundo em 2022, número que deve triplicar até 2027.


No Brasil, foram emplacados 950 elétricos e 2.627 híbridos em julho de 2023, números que correspondem a uma participação aproximada de 0,4% e 1,1% de vendas, respectivamente. São números ainda baixos, mas as vendas têm crescido em ritmo rápido, principalmente após a chegada de novos lançamentos com preços mais acessíveis.

Previsões apontam que teremos uma participação de 10% dos carros elétricos em 2030, mas ainda há muitos fatores que podem interferir nos resultados, para mais ou para menos. 

Saiba Mais sobre Fabricantes de Carros Elétricos:

Alexia Messa

Partilhar -