BYD quer comprar fábrica da Ford para produzir carros elétricos no Brasil

19.04.23 09:00 Comentário(s) Por Marien Ramos

Montadora chinesa planeja instalar complexo industrial em Camaçari (BA); projeto prevê produção de veículos híbridos e elétricos, além de componentes para baterias

BYD Carro Eletrico Fabrica Ford
Crédito: BYD | Divulgação
Nesta quinta-feira (13), o presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, encontrou o CEO da montadora de carros elétricos BYD em Xangai. A reunião ocorreu com Wang Chuanfu, também fundador da multinacional chinesa, para negociar a compra da parte inativa da Ford em Camaçari (BA) e a instalação de um complexo industrial do grupo chinês no Brasil. 

Interesse da montadora chinesa de carro elétrico

Os planos da montadora em solo baiano consistem em se beneficiar de alguns incentivos tributários disponíveis para empresas no Nordeste, instalando no antigo espaço da companhia Ford uma linha de produção de carros híbridos e elétricos, uma de chassis de caminhões e ônibus elétricos e uma unidade de produção de componentes para baterias.

Wang Chuanfu, CEO da BYD, realizou um pleito para reivindicar ao Brasil maior foco na transição da mobilidade elétrica. O país ainda não entrou em consenso quanto aos investimentos em carros elétricos ao longo dos anos e, segundo apuração de O Globo, a empresa chinesa está demandando concessões fiscais e tributárias.

O interesse de Chuanfu também está voltado para a mineração de lítio, material utilizado na produção de baterias de carros eletrificados. 


Stella Li, presidenta da BYD para as Américas, afirmou em entrevista à Reuters que se mostra um momento propício para o investimento nessas novas tecnologias no Brasil.


O tamanho do mercado brasileiro, a disponibilidade de lítio e o novo governo Lula que se propôs a investir na energia verde são fatores atrativos da empresa que planeja movimentar R$ 3 bilhões com a compra da fábrica da Ford. 


A fabricante já estava instalada no Brasil, produzindo ônibus elétricos e painéis fotovoltaicos em Campinas (SP), assim como baterias para veículos eletrificados em Manaus. Seus carros elétricos e híbridos plug-in também são vendidos no território, como o Yuan Plus EV e Song Plus DM-I.

Negociação BYD e Ford por fábrica na Bahia

Tanto a Ford quanto a BYD estão há meses em negociações discutindo a fábrica de Camaçari, na Bahia. A decisão depende apenas de uma convergência entre as montadoras, uma vez que a BYD já assinou um memorando de entendimento com o governo da Bahia. 

A parte negociada da fábrica está inativa, após a montadora norte-americana ter parado a produção em solo brasileiro. Com a compra da companhia, pretende-se gerar 1.200 empregos na região.

 

Na reunião, o CEO da BYD falou para a comitiva que acompanhava Lula sobre as políticas públicas chinesas que favoreciam um bom crescimento do setor de veículos eletrificados no país, tanto de passeio quanto de ônibus.

 

Em 2022, a BYD ocupava o 3° lugar no ranking de montadora de carro elétrico mais valorizada, perdendo apenas para a sua rival, a Tesla, e para a Toyota. Hoje, a empresa quer verticalizar a produção e, segundo o CEO, investir R$ 10 bilhões no Brasil pelos próximos três anos.

Marien Ramos

Partilhar -